mais um trago



 Bem, eu confesso que preciso respirar bem fundo antes de pensar em encarrar os seus lindos olhos de frente... tomo mais um trago desse cigarro barato, na esperança que a nicotina em minhas veias me dê forças para tentar manter a calma nem que seja apenas aparentemente! e eu enfim vejo você brilhando, através da chama do meu esqueiro. sinto meu corpo leve e tremulo a medida que você se aproxima. não haveria mais como fugir nem mesmo se fosse esse o meu impeto. apesar dessa sensação de eminente perigo, tudo o que eu consigo fazer é sorrir e acompanhar cada movimento seu. sou uma presa dócil e imóvel, um pobre cordeiro prestes a se entregar nas garras de um belo lobo e você nem faz ideia do quanto isso me extasia! então você chega e diz "olá", eu respondo o mesmo nós nos beijamos e eu me sinto completamente arrebatado, mas no fundo há tantas coisas que eu gostaria de dizer porem acho melhor esperar até que eu as ouça primeiro como aquele simples e confortante "olá"






Nenhum comentário:

Postar um comentário