"Todas as formas de amor"

Que nós julgamos as pessoas sem nem ao menos perceber que muitas das vezes temos os mesmos defeitos, nem é mais uma novidade. 
Mas, alguns de nós tem o trabalho de fazê-lo e decidir pela grande maioria o futuro da nossa nação. 
Ai surge a polêmica máxima da semana... O que é família ou não em solos nacionais? E bem, já que todos resolveram dar suas opiniões, essa é a minha 



Então Família: na definição bruta um grupo de pessoas que dividem um lar e estão ligadas através de laços sanguíneos isso na definição bruta afinal qualquer definição tão superficial assim não passaria de um pré conceito sobre algo certo? 

Hoje e desde sempre mães criam seus filhos sozinhas, todos os dias elas fazem tudo sempre igual e sacondem as 4,  5 ou 6 da manhã pegam 1, 2 ou vários ônibus, metrôs ou carroças dão seus suores em troca de um salário bem abaixo do merecido tudo isso para dar um futuro digno aos seus filhos que foram abandonados pelos pais.



Por outro lado há pais que criam os filhos de mães que queriam apenas um sexo casual e não tem o menor desejo ou vocação para serem mães. 
Existem filhos criados por avós, por tios, tias, primos, estranhos 

E ainda há o lado mais polêmico de todos: gays e seus filhos! Duas moças adotam um garotinho e dão a ele um lar cheio de amor e carinho, ou dois homem criam 3 belas crianças fortes, amadas e hábeis para encarar a luta da vida mas...  "Opaaa, para tudo cara. O que você está falando? Já viu alguém ter filho pelo c*" "dois iguais não fazem filhos" "ser gay é errado está escrito" e blábláblá. Mas pera lá, vamos pensar um pouquinho:


Se nenhum casal hetero abandonasse um filho, não teriam que se preocupar com o fato de gays adotarem ou não. E como a maioria dos gays foram criados por casais heterossexuais e isso não influenciou suas a sexualidades porque ao contrário seria diferente? Seria então a heterossexualidade algo tão frágil? Você heterossexual mudaria sua condição sexual se tivesse dois pais ou duas mães?



Hm... isso ainda vai dar muito o que falar, mas o que me assusta é que no Brasil hoje nenhum dos exemplos citados acima podem ser considerados uma família. E muita gente ficou órfã agora ne? Mas o importante para o congresso é que a hipocrisia reina, o Dollar na cueca do genuíno ou será o Severino, bom não me lembro mais o nome do ladrão assim como aqueles que antes só roubavam papéis com cifrões agora roubam o meu e seu direito de chamar de família quem bem entendermos também não se lembram de que onde existe amor e carinho existe uma familia e essa é a única definição real, sempre foi e sempre vai ser. Não vamos deixar que a estupidez  reacionária deslegitime o amor de nossas famílias sejam elas como forem. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário