Parece até mentira, mas palavras não nos bastariam mais ♫


Quero entregar a minha alma, minha mente esta em seu caos
preciso me esquivar com calma
antes que mergulhe em água e sal

parece até mentira, palavras não nos bastariam mais

inventando outra poesia
tentando explicar o que nos atrai

será que o meu mal é o seu também?
não sei se eu estou na frente ou foi você quem correu
o tempo pareceu uma bebida forte demais pra nós
subiu de pressa, mas nunca estávamos a sós

sinto que você se esquece, meu silêncio te faz lembrar
enquanto o meu conhaque aquece
vejo minha casa desmoronar
As vezes passo o dia falando de mim demais

parece que eu ja sabia, a nossa sincronia não sabe o que faz

será que o meu mal é o seu também?
não sei se eu estou na frente ou foi você quem correu
o tempo pareceu uma bebida forte demais pra nós
subiu de pressa, mas nunca estávamos a sós

Nenhum comentário:

Postar um comentário